Versão Beta
Close

Vencendo o Ringue do Rastakhan: Ladino

Veja as melhores estratégias para completar a aventura com a classe Ladino, da nova expansão de Hearthstone

A aventura dessa expansão trás um formato que já ficou conhecido durante o ano. O jogador escolherá uma classe e receberá um deck inicial com um número limitado de cards. A partir daí ele precisará enfrentar chefes para avançar e a cada desafio vencido será recompensado com pacotes de cards e tesouros poderosos para fortalecer o seu deck. 

O desafio vai além de jogar bem com os cards na mão, é preciso também escolher os melhores prêmios para não ser derrotado pelo próximo chefe que é sempre mais forte que o anterior. Esse quarto guia da aventura vai mostrar quais as melhores estratégias para aqueles que escolherem um santuário da classe Ladino e discutir algumas alternativas para o caso de alguma falta de sorte rolar na hora dos prêmios de cada chefe. Confira também os nossos guias anteriores para fechar com todas as classes.

Santuário

Você começa a aventura do Ringue do Rastakhan com Rikkar , um troll que ainda não tem uma classe definida. O primeiro passo então será escolher um santuário que vai definir a filiação do seu personagem. Cada classe do jogo tem três santuários diferentes, que além de fornecer efeitos diferentes durante a partida, também garantem um deck inicial único e portanto uma estratégia totalmente nova para vencer.

Os santuários começam a partida já em campo e podem ser destruídos pelo adversário, o que anula o seus efeitos por três rodadas, que é o tempo necessário para que eles voltem para a batalha. Após vencer seis partidas no ringue, você terá a oportunidade de melhorar o seu santuário, potencializando ainda mais o seu efeito no campo de batalha.

A classe Ladino tem os seguintes santuários:

Terror Engarrafado: Esse santuário coloca todos os seus lacios em campo no modo furtividade. Quando o santuário morre seus lacaios voltam ao normal e ganham mais 2 de ataque. Seus cards iniciais são piratas de baixo custo e com mecânicas que tem sinergia com armas e buffs.

Terror Engarrafado
Terror Engarrafado

Marca dos Piratas: Esse santuário garante que seus feitiços sejam usados duas vezes. Seu deck inicial vai vir recheado de magias de baixo custo e alguns lacaios que potencializam os seus efeitos.

Marca dos Piratas
Marca dos Piratas

Tesouro das Profundezas: Esse santuário rouba um card do deck do adversário e coloca na sua mão com menos 2 de custo. O seu deck inicial vem recheado de cards que tem sinergia com cards de outras classes e lacaios do tipo pirata.

Tesouro das Profundezas
Tesouro das Profundezas

Colegas de Equipe

Os colegas de equipe são lacaios poderosos que poderão ser incorporados ao seu deck no decorrer da aventura, mais especificamente depois da segunda e da quarta batalha na arena. Eles aparecerão como recompensas pelas vitórias e você deverá escolher uma opção dentre três alternativas. Cada classe tem 6 companheiros diferentes. Falaremos quais as melhores escolhas para cada santuário nas dicas mais abaixo

Colegas de Equipe
Colegas de Equipe

Saques

Após cada vitória você poderá escolher um pacote que vem com 3 cards para compor o seu deck, nessa aventura eles são chamados de saque. Existem diversos pacotes por classe, que contam com cards específicos para algum tipo de estratégia.

Saques surgem a cada vitória
Saques surgem a cada vitória

Dicas por Santuário

Terror Engarrafado

Esse santuário é um dos mais agressivos da aventura. O seu objetivo durante a partida será colocar o máximo de lacaios em campo antes de ter seu santuário destruído, garantindo assim bônus de ataque para todos. Como seu deck é recheado de piratas e esses são as opções mais baratas e agressivas dos saques, sempre procure com lacaios desse tipo nos seus pacotes. Os ovos também são uma boa pedida, já que o buff do seu santuário ativará suas mecânicas e renderão bons tokens. Vez ou outra é legal escolher alguns feitiços de remoção também.

Quando chegar a hora de escolher os companheiros, a melhor pedida será sempre o Competidor Furioso, que enche sua mesa de piratas aleatórios como Último Suspiro. Uma ótima segunda opção é o Patife Inconveniente, que embora tenha um corpo muito fraco, é imune durante todo o tempo, o que casa muito bem com a mecânica do seu santuário para o fim de jogo.

Após a sexta partida você poderá melhorar o seu santuário. A melhor opção é o Pacto com os Loas, que faz com que o tempo para seu santuário retornar seja menor. Uma boa segunda opção, no caso de seu deck ter magias de ativação para seu santuário, é a Devoção Eterna, que criará um segundo santuário. O combo na teoria é bom, mas lembre-se que um santuário colocará o outro em furtividade e a ativação ficará por sua conta.

Patife Inconveniente
Patife Inconveniente

Marca dos Piratas

Esse santuário embora tenha um enorme potencial, se usado de forma errada pode acabar rapidamente com os cards na sua mão. O seu foco nos saques será conseguir cards que garantem mais mana, como a Moeda Falsa. Junte todos esses cards e aguarde até poder fazer um turno muito forte com cards como o Malygos ou o Edwin VanCleef, que você também poderá encontrar nos saques.

Entre os companheiros a escolha mais lógica é o Papagaio Companheiro, que pode devolver as magias que você utilizou em um turno. Entretanto, o Degustador Lagostrok também pode ser pego sem problemas, já que ele garante um bom fluxo de cards para sua mão e diminui os seus custos. 

O Ritual Sagrado é a melhor escolha para melhorar o seu santuário, já que diminui o custo das suas magias que são sua principal munição. Uma segunda escolha pode ser a Devoção Eterna, que executará os efeitos das suas magias ainda mais uma vez.

Papagaio de Estimação
Papagaio de Estimação

Tesouro das Profundezas

Esse santuário é excelente para jogar com paciência e esperando o tempo do jogo avançar, já que a cada turno seu adversário estará bem mais perto da fadiga que você. O objetivo então é controlar o campo e proteger o seu santuário a qualquer custo. Para isso, o seu foco na hora de escolher os saques deve ser em cards de remoção, como o Eviscerar ou a Espinheira Mortífera. Só tenha em mente a curva do seu deck na hora das escolhas, para não ficar com cards de alto custo na mão no início do jogo.

A Arpoadora Dente-de-Tubarão é a melhor escolha entre os colegas de equipe. Seu texto diminui o custo de cards que não começaram no seu deck, a sinergia perfeita com seu santuário. Uma segunda opção de valor é o Saqueador Salobro, que rouba cards da mão do oponente, deixando ele com ainda menos opções para jogar.

Entre as melhorias o foco deve ser a Devoção Eterna, que fará seus oponentes ficarem ainda mais próximos da fadiga por turno, já que essa melhoria dobra o seu santuário. Uma segunda boa opção é o Pacto com os Loas, que reduz o tempo de volta do seu santuário no caso de alguma fatalidade.

Arpoadora Dente-de-Tubarão

Alguém que está na eterna busca pelo deck de Xamã perfeito! Email: desdras@cardnamanga.com.br. Twitter: @showtimesolo