Versão Beta
Close

Vencendo o Ringue do Rastakhan: Xamã

Veja as melhores estratégias para completar a aventura com a classe Xamã, da nova expansão de Hearthstone

A aventura dessa expansão trás um formato que já ficou conhecido durante o ano. O jogador escolherá uma classe e receberá um deck inicial com um número limitado de cards. A partir daí ele precisará enfrentar chefes para avançar e a cada desafio vencido será recompensado com pacotes de cards e tesouros poderosos para fortalecer o seu deck. 

O desafio vai além de jogar bem com os cards na mão, é preciso também escolher os melhores prêmios para não ser derrotado pelo próximo chefe que é sempre mais forte que o anterior. Esse quinto guia da aventura vai mostrar quais as melhores estratégias para aqueles que escolherem um santuário da classe Xamã e discutir algumas alternativas para o caso de alguma falta de sorte rolar na hora dos prêmios de cada chefe. Confira também os nossos guias anteriores para fechar com todas as classes.

Santuário

Você começa a aventura do Ringue do Rastakhan com Rikkar , um troll que ainda não tem uma classe definida. O primeiro passo então será escolher um santuário que vai definir a filiação do seu personagem. Cada classe do jogo tem três santuários diferentes, que além de fornecer efeitos diferentes durante a partida, também garantem um deck inicial único e portanto uma estratégia totalmente nova para vencer.

Os santuários começam a partida já em campo e podem ser destruídos pelo adversário, o que anula o seus efeitos por três rodadas, que é o tempo necessário para que eles voltem para a batalha. Após vencer seis partidas no ringue, você terá a oportunidade de melhorar o seu santuário, potencializando ainda mais o seu efeito no campo de batalha.

A classe Xamã tem os seguintes santuários:

Chamariz de Krag'wa: Esse santuário é muito agressivo por conta da constante redução no custo das magias em 2. O problema é o número de cards, que pode ficar curto dependendo da situação e o número de cards com sobrecarga no deck inicial. 

Chamariz de Krag'wa
Chamariz de Krag'wa

Graça de Krag'wa: Esse santuário é totalmente voltado para a mecânica de sobrecarga. Cada vez que uma mágia desse tipo é jogada, o valor de sobrecarga também é adicionado como ataque para os seus lacaios. O deck inicial vem com magias de sobrecarga e lacaios que tem sinergia com essa mecânica.

Graça de Krag'wa
Graça de Krag'wa

Tributo das Marés: Com o efeito desse santuário, os seus gritos de guerra serão lançados mais duas vezes. O problema é a vida pequena, apenas três pontos. O seu deck inicial é recheado de lacaios com grito de guerra e algumas remoções. 

Tributo das Marés
Tributo das Marés

Colegas de Equipe

Os colegas de equipe são lacaios poderosos que poderão ser incorporados ao seu deck no decorrer da aventura, mais especificamente depois da segunda e da quarta batalha na arena. Eles aparecerão como recompensas pelas vitórias e você deverá escolher uma opção dentre três alternativas. Cada classe tem 6 companheiros diferentes. Falaremos quais as melhores escolhas para cada santuário nas dicas mais abaixo.

Colegas de equipe
Colegas de equipe

Saques

Após cada vitória você poderá escolher um pacote que vem com 3 cards para compor o seu deck, nessa aventura eles são chamados de saque. Existem diversos pacotes por classe, que contam com cards específicos para algum tipo de estratégia.

Saques
Saques

Dicas por Santuário

Chamariz de Krag'wa

O desafio desse santuário é saber quando usar os feitiços para não ficar sem munição na mão. O segredo é utilizar os feitiços ofensivos para controlar o seu campo e ir minando a vida do adversário aos poucos. Várias das magias aqui servem para invocar lacaios com provocar, que podem ser utilizados para se defender mas também para criar um campo ofensivo dependendo da situação.

Entre os saques você deve escolher os feitiços que tem sinergia com o efeito de redução de custo de magia do seu santuário. A Chuva de Sapos, o Espírito do Sapo e a Evolução Instável são ótimas pedidas para o seu deck.

Já nos colegas de equipe a prioridade é o Arauto da Guerra. Sempre que ele utilizar a sua habilidade de Massacre te garantirá 3 feitiços de Xamã para usar com seu santuário. A Justadora de Anfíbios é uma boa segunda opção, principalmente se você tiver escolhido cards com a mecânica de sobrecarga.

Após a sexta vitória será possível escolher uma melhoria para o seu santuário. A melhor escolha aqui é a Ceifadora de Benesses, já que ela preenche sua mão que constantemente está sob risco de ficar vazia. A segunda opção é a Devoção Eterna, que cria outro santuário que duplica o seu efeito, fazendo suas magias custarem incríveis 4 a menos. 

Arauto da Guerra
Arauto da Guerra

Graça de Krag'wa

Para jogar com esse santuário é preciso saber o momento certo de utilizar seus cards com mecânica de sobrecarga, isso porque ele só tem dois de vida, o que torna muito difícil a defesa. Sempre que ele estiver morto seu objetivo é preencher o campo com lacaios para evitar que sua vida caia muito. Quando ele renascer é a hora de utilizar seus feitiços com sobrecarga, principalmente os que geram lacaios com provocar.

Obviamente a sua prioridade nos saques são os cards com sobrecarga como o Espírito Feral. Mas é necessário pegar alguns cards que vão manter o seu campo cheio nos intervalos em que seu Santuário não vai estar ativo, como por exemplo as que garantem totens como token. O Eremita Kobold é um bom exemplo.

Entre os colegas de equipe a prioridade é novamente o Arauto da Guerra ou a Justadora de Anfíbio, já que são os que podem te dar mais feitiços com sobrecarga para usar nas partidas mais difíceis.

A primeira escolha entre as melhorias de santuário é a Devoção Eterna, para criar um segundo santuário. No entanto, o Pacto com os Loas, que diminui o tempo necessário para seu santuário renascer, também é uma ótima pedida.

Justadora de Anfíbio
Justadora de Anfíbio

Tributo das Marés

Como o Grito de Guerra é uma habilidade bem versátil e que varia muito de lacaio para lacaio, esse santuário se torna um dos mais versáteis da aventura. Durante os saques, procure mais lacaios com essa mecânica, especialmente os mais fortes como o Calafrarte, Kalimos o Lorde Primevo e o Defensor da Colina. 

Entre os companheiros de equipe a prioridade fica com o Sapo Saltador, que com seu santuário vivo irá praticamente limpar o campo sempre que for jogado. A Justadora de Anfíbio é uma boa segunda opção. 

Já na hora de melhorar o seu santuário as boas opções são o Pacto com os Loas e a Devoção Eterna. Escolha a primeira para ter seu santuário em campo mais vezes e a segunda para dobrar o efeito dos seus gritos de guerra.

Sapo Saltador
Sapo Saltador

Alguém que está na eterna busca pelo deck de Xamã perfeito! Email: desdras@cardnamanga.com.br. Twitter: @showtimesolo