Versão Beta
Close

Veja Curiosidades e História do Portal da Voragem

Conheça a história do Portal da Voragem e do Poço da Eternidade, que desencadeou um evento de grandes proporções em Azeroth!

Outro card que aparece em decks de Xamã, mas esteve em alta anteriormente foi o Portal da Voragem, que causa 1 de dano a todos os lacaios inimigos e traz um lacaio de 1 de custo. Uma boa opção de remoção no início do jogo, principalmente em decks de murlocks e paladinos.

O canal Hearthstoria divulgou um vídeo trazendo curiosidades do card. Confira:

Em World of Warcraft, o Portal da Voragem é a antiga localização da Nascente da Eternidade, que foi destruído durante a Grande Cisão. O evento mudou Azeroth para sempre, onde a Rainha Azshara tentou criar um portal para trazer o Sargeras para o mundo: “O feitiço gerou um turbilhão sob a Nascente e sua instabilidade foi o principal motivo da catástrofe que se deu”.

A implosão da Nascente da Eternidade fez com que o único continente de Kalimdor se dividisse em quatro partes e diversas ilhas: Reinos do Leste [Eastern Kingdoms], Nortúndria [Northrend], Kezan, Pandaria…

O local onde estava a Nascente da Eternidade se tornou um redemoinho gigantesco conhecido como Voragem [Maelstrom], e até os dias de hoje, energias caóticas se degladiam ali.

Você pode saber mais sobre a Grande Cisão aqui. Vale lembrar que o jogador pode acessar a Nascente da Eternidade acessando uma masmorra de Cataclysm, com os jogadores vivenciando uma época antiga onde a nascente está quase entrando em colapso. A tarefa faz parte dos objetivos de Thrall para conseguir a Alma Dragônica, o artefato com poder suficiente para derrotar o Asa da Morte, que foi um dos principais vilões dos heróis na época.

Analista de sistemas e jornalista, já trabalhou para o DomínioMMO, portal de notícias de games online para o UOL Jogos, e já foi jornalista e redator na XLG UOL, site de notícias de esports do UOL. Mantém também o  Select Game, blog sobre games e cultura pop com ênfase em jogos multiplayer.