Versão Beta
Close

Aspectos Dragônicos (parte 2) - Alexstrasza

Rainha dos Dragões, Mãe da Vida e Guardiã de Azeroth

por Octávio Augusto

Alexstrasza, provedora da vida

Alexstrasza recebeu uma porção do poder da Patrona de Toda a Vida, Eonar. A partir disso, a leviatã vermelha passou a ser conhecida como “a Provedora da Vida”.

Rainha dos Dragões, Mãe da Vida e Guardiã de Azeroth. Esses são alguns dos muitos títulos da Aspecto Vermelho Alexstrasza. Com seus dons de Aspecto recebido pelos Titãs, honrou por diversas vezes o seu papel, se sacrificando diversas vezes para ajudar os mortais.

Dentre esses sacrifícios mais dolorosos, sem dúvida, foi colocar fim à vida de seu companheiro como Aspecto, Malygos, que lutou lado a lado com ela desde o início, quando era ainda uma proto-draco, sem nenhuma habilidade especial.

Ela, nomeada muitas vezes como Mãe da Vida, teve de optar pela morte dessa vez. Alexstrasza e sua revoada se aliaram aos magos do Kirin Tor. Sendo assim, seu passo foi decisivo para que todas as outras revoadas se juntassem as dragões vermelhos na pesarosa tarefa de pôr fim ao Aspecto da Magia.

Atualmente, em Azeroth, Alexstrasza reside no topo do Templo do Repouso das Serpes, um lugar considerado sagrado para as Revoadas Dragônicas.

Alexstrasza escravizada

Após derrotar Neltharion quando este criou a Alma Dragônica, o artefato permaneceu escondido durante muito tempo e foi encontrado pelos orcs Dragonmaw, que foram guiados pelo próprio Asa da Morte.

Enquanto esteve reclusa, Alexstrasza sofreu torturas e foi reduzida à reprodutora de ninhadas para servir à Revoada dos Dragões Negros e Asa da Morte.

Porém, quando o Aspecto da Morte quis ter sua própria ninhada com a Provedora da Vida, ela aproveitou para escapar e foi resgatada por Krasus, seu marido, conhecido também como Korialstrasz e Malygos.

Alexstrasza no Cataclisma

Com a vinda de Asa da Morte, Alexstrasza teve um importante papel desempenhado para defender Azeroth contra o Aspecto da Morte. Desse modo, ela e toda a sua Revoada dos Dragões Vermelhos guerrearam contra a Revoada dos Dragões Negros.

Assim como os outros Aspectos, Alexstrasza deu tudo de si para parar Asa da Morte de uma vez por todas, mas perdeu muito de seus poderes durante o processo.

Arte criada por fã
Arte criada por fã

Alexstrasza em Crepúsculo dos Aspectos

Certamente, o momento mais difícil da existência daquela que provê vida, foi quando seu companheiro Krasus pereceu. Logo após ter que derrotar Malygos e se ver confrontada por vários Dragões Azuis que viram a atitude do Aspecto como inadmissível, Korialstrasz explodiu e levou junto uma centena de ovos da ninhada dos Dragões Vermelhos.

Isso faz com que a Mãe da Vida fique inconsolável, pois além da perda do companheiro, este é visto como traidor. Então, a Dragão Vermelho chega ao ponto de cogitar entregar Azeroth à sua própria sorte, o que neste caso seria a destruição, visto que o mundo está constantemente ameaçado por Asa da Morte e os Deuses Antigos.

Enquanto Alexstrasza chora com o coração tomado de pesar como uma garotinha humana, sua revoada parece incapaz de realizar até mesmo funções básicas sem ela.

Alexstrasza, Ysera, e Nozdormu abençoam Nordrassil
Alexstrasza, Ysera, e Nozdormu abençoam Nordrassil

“Thrall gostava dela. Como não gostar daquela energia suave e pura, a essência do coração? Ela era o braseiro numa noite fria, a vida contida numa semente, num ovo e em todas as coisas belas que se espalham pelo mundo. Não era surpresa alguma que todas as revoadas de todas as cores a adorassem, nem que tivesse sido a última coisa em que Korialstrasz pensou antes de levar a cabo tamanha destruição, para que outras coisas pudessem ser preservadas.”

“Eis a minha dádiva: compaixão por todos os seres vivos. A vontade de protegê-los e nutri-los. A habilidade para curar aquilo que ninguém pode curar, dar à luz aquilo que ninguém pode dar e amar aquilo que não pode ser amado, e que, por isso mesmo, precisa do amor mais do que todas as outras almas.” (Trechos retirados do livro Crepúsculo dos Aspectos).

[Spoiler]

Após um tempo, o orc Thrall, xamã da Harmonia Telúrica e portador do Martelo da Perdição, vai buscá-la e de alguma forma consegue tocar seus sentimentos para que Alexstrasza volte a desempenhar seu papel de guardiã.

[Spoiler]

Durante a jornada, ela descobre que Korialstrasz na verdade se sacrificou para que a ninhada não se tornasse servo de Asa da Morte, portanto um sacrifício heroico e isso lhe dá ainda mais força para enfrentar o Dragão Negro.

Alexstrasza, provedora da Vida em Hearthstone

Como um dragão legendário 8/8 que custa 9 de mana, ela já se torna ideal para se ter no deck de qualquer um, mas a sua habilidade especial vem como “Grito de Guerra” que redefine a vida do herói para 15 e pode fazer uma grande diferença para quem opta pela estratégia de “controle”.

Isso porque torna irrelevante os danos tomados no início do jogo, uma vez que estes podem ser redefinidos lá na frente. Outra estratégia, utilizada geralmente por Mago, é ter um combo de feitiços que deem exatamente 15 de dano, mas é claro que pra isso eles devem estar custando somente 0 de mana.

Já quem joga com a classe Guerreiro, pode “bufar” Alexstrasza com Investida e outras cartas que aumentam o dano para, dessa forma, finalizar o oponente.

Cosplay de Alexstrasza

É necessário muito talento e ousadia para fazer um bom cosplay da Mãe da Vida, pois além da complexidade das roupas, a Aspecto é símbolo do empoderamento e da fertilidade e isso está espelhado em sua representação nos jogos.

No Devianart você encontra o cosplay feito por Narga-Lifestream.

Narga-Lifestream
Cosplay por Narga-Lifestream

Colaboradores da Comunidade Card na Manga