Versão Beta
Close

Os principais fundamentos de Hearthstone (Parte 3)

Encheu a mesa? Agora aguente as consequências! Aprenda mais fundamentos de Hearthstone!

por Daniel 'RyzingxFire' Moura

E ai pessoal, RyzingxFire aqui! Vamos direto para a parte 3 sem mais enrolações!

Overextend

Um termo popular em jogos como League of Legends ou Dota 2, ou seja, qualquer estilo de jogo que você pode ser punido por mal posicionamento ou algo do tipo. 

O significado é exatamente isso, ser punido por expandir demais um posicionamento. No Hearthstone,  em muitos casos que o seu oponente vira um jogo devido a uma remoção forte é 70% culpa SUA! 

Sim, você sabe que é culpa sua, pois é o tipo de situação que você passa a mão na cara depois de tomar um sabão e pensa “PRA QUE EU FUI ENCHER A MESA VÉI”. 

A melhor forma de evitar o Overextend é aprender a ‘contar dano’ e fazer leitura de mão, principalmente a parte de leitura. 

Exemplo: sua mesa tem 5 lacaios, o guerreiro ta spammando BEM JOGADO (well played, no meu caso) e a mão dele está cheia, considerando todas essas variáveis, por qual motivo você vai colocar mais coisas na mesa? 

Outra ideia, turno 7 do mago: é bom evitar de criar uma mesa fácil de limpar com Golpe Flamejante. Pense antes de agir, amiguinhos.

O famoso RELÓGIO

Já ouviu alguém comentar sobre “clock” (pt-br: relógio)? Então, nada mais é do que o tempo necessário de algum lacaio te fazer sair do jogo e ir pro Youtube ver pessoas mais sucedidas jogar (ou o contrário, nesse caso você vai receber só um pedido de amizade e uma mensagenzinha amigável no final). 

Não tem muita dificuldade aqui nesse assunto, mas ele ensina uma parte básica que é sobre tempo/valor. Se seu oponente tem um 3/5 na mesa desde o turno 3, vai levar mais 10 turnos pra te causar 30 de dano, esse é o clock, ou seja, você, dentro deste meio tempo, precisa impedir que o 3/5 cause mais dano e criar seu próprio clock. 

Agora, porque geralmente chamamos de controle os decks que não fazem nada além de só matar lacaios? Porque ele está controlando o seu clock, seu recurso, o jogo que ele está controlando é o seu, aprender viver uma vida em que ninguém possa te controlar (RISOS FRENÉTICOS)

Face ou Trocar? 

Não vou mencionar o famoso artigo “who's the beatdown” de novo na minha vida, seria a milionésima vez, então vou só falar o seguinte: saiba quando você DEVE trocar e quando DEVE ser agressivo. 

Sim meu hunterzinho, até você. Isso é o tipo de coisa que se aprende na lógica e conhecimento básico do jogo. 

Exemplo: Guerreiro com mecanóide na mesa e está chegando perto do turno de Zilliax ou ainda não gastou esse recurso... Você, como aggro ou midrange deve sim remover esse mecanóide para evitar que ele tire um valor gigante com o Zilliax.

Suas condições de vitória

Em grande parte, o que diferencia um jogador bom de um desprovido de inteligência é conhecer qual a condição de vitória de cada deck, como vencer e como perder. 

São coisas básicas: se pergunte sempre “como venço nessa situação?” ou, “como posso perder nessa situação?”. Isso é um detalhe que se aprende estudando o seu deck e o meta atual. 

Alinhamento de recursos

Essa aqui vou dar dois exemplos e espero que seja suficiente!

Aggro: na mesa você tem a opção de colocar dois lacaios fortes, sabendo que já tem 2, ou seja, terá 4. Seu oponente é um Guerreiro, famoso por remover qualquer coisa. No momento ele não tem pressão na mesa, você tem a vantagem de tempo, porém está no turno 5 e tem risco de briga, sabendo disso, é arriscado jogar os dois lacaios, neste caso apenas um é suficiente. 

Controle: você está de Guerreiro e precisa reconhecer a diferença entre valor e tempo. Na sua mão tem Escudada e Levantar Escudo, estamos no turno 3 e seu oponente jogou um 3/4, qual seria sua jogada ideal? Eu mesmo já vi muitos jogadores nessa posição usar o Levantar Escudo só pra comprar um card e logo em seguida perder a armadura. A jogada ideal seria perder um pouco do valor da Escudada e utilizar nesse lacaio pequeno mesmo, já que contra aggro, o ideal é jogar pelo tempo e não valor.

Conhecer sua matchup

Talvez uma das coisas mais importantes no Hearthstone é o conhecimento. Aprender como cada deck ou arquétipo quer jogar é vital para se tornar um bom jogador. 

Geralmente cada classe tem seu próprio estilo, de acordo com o meta. Guerreiro geralmente quer controlar, Hunter quer fazer 25 ao lenda, F2P vídeos para o Youtube, Mago geralmente usa feitiços poderosos para lidar com a mesa (não é o caso desse meta, mas você entendeu né?)

Conforme o tempo passa e a gente vai se familiarizando com o jogo, mais conhecimento podemos obter de cada classe e o meta, claro que temos sites que ajudam nisso também. 

Conclusão

Então, com essa série de artigos, tive o intuito de criar uma leitura não muito longa mas que possa ajudar bastante o leitor que está aprendendo, assim como os mais experientes também. 

Pretendo continuar na quarta parte e entrar em transição com outra série, que será “O método de Alcançar o Lenda”Já vi que muitos jogadores vivem falando nos grupos que jogam todo dia, jogam há anos e estão sempre tentando subir, mas, encontram uma barreira de nível. É o que chamamos de Skill Cap, ou, limite de habilidade. Vamos falar mais sobre este assunto no artigo de Lenda. Até mais e aguardem a Parte 4!

Colaboradores da Comunidade Card na Manga