Versão Beta
Close

Os 10 Pro Players de Hearthstone com maiores premiações

Do rank para a conta bancária: conheça os jogadores mais bem pagos em premiações no Hearthstone.

A popularidade do cardgame aumenta à medida que as premiações e investimentos crescem. Na Blizzcon 2017, dezesseis jogadores disputaram pelo grande prêmio de um milhão de dólares, o maior já registrado em Hearthstone até hoje. Portanto, está cada vez mais comum ver jogadores redobrando seus esforços para chegar ao Campeonato Mundial.

Reunimos os dez jogadores mais bem pagos em Hearthstone, de acordo com o esportsearnings.com. Confira:

Artem 'DrHippi' Kravets. Foto: Twitter/PlayHearthstone
Artem 'DrHippi' Kravets. Foto: Twitter/PlayHearthstone

10. Artem ‘DrHippi’ Kravets – US$ 210 mil (8 torneios)

Sem dúvidas 2016 foi o ano de ouro deste ucraniano que, além de estrear no competitivo como o primeiro colocado no 64º Hearthstone.fi Monday Night, torneio semanal da comunidade, ainda esteve na Blizzcon 2016 perdendo o primeiro lugar para Pavel ‘Pavel’ Beltiukov.

Ainda no mesmo ano, ele faturou mais quatro prêmios para casa: o título do HCT Europe Summer Championship, o 2º lugar no HTC Europe Winter Championship e o 3º lugar na segunda temporada da StarLadder i-League StarSeries, que juntos somam mais de duzentos mil dólares na conta do jogador.

Aleksandr ‘Kolento’ Malsh. Foto: Blizzard Entertainment
Aleksandr 'Kolento' Malsh. Foto: Blizzard Entertainment

9. Aleksandr ‘Kolento’ Malsh – US$ 222 mil (44 torneios)

O segundo ucraniano a entrar para a lista dos mais bem pagos é ‘Kolento’. O jovem de 26 anos joga pela Cloud9, organização onde anteriormente já havia disputado World of Tanks competitivamente. Em 2015, o jogador chegou ao marco de 100 mil dólares com o 2º lugar no Campeonato Archon Team League, que lhe rendeu 20 mil dólares somado aos ganhos de 28 torneios que participou.

Kolento venceu em um único torneio 40 mil dólares no Hearthstone Spring Championship, em julho de 2017. Seu 2º lugar conquistou 17,98% do prêmio total em dinheiro ganho. Contabilizando, o jogador recebeu o salário de 1.500 dólares (cerca de R$5.760,00) em prêmios nos últimos três meses sem participar de nenhum torneio.

James ‘Firebat’ Kostesich
James ‘Firebat’ Kostesich. Foto: Gosugamers

8. James ‘Firebat’ Kostesich – US$ 230 mil (35 torneios)

Eleito como o melhor jogador de Hearthstone em 2014, Kostesich faturou 100 mil dólares no Hearthstone World Championship e em seu segundo lugar no World Cyber Arena 2015 com cerca de 63 mil dólares.

Grande fã da Blizzard, ele usou seu personagem favorito de StarCraft: Brood War (Firebathero) de inspiração ao criar seu nome. Na BlizzCon 2014, Firebat venceu o chinês TiddlerCelestial com uma vitória dominante por 3 a 0, fazendo dele o primeiro campeão mundial na história de Hearthstone. Até então, ele saiu com o 1º lugar de 6 dos 10 torneios que participou.

Kim ‘Surrender’ Jung Soo. Foto: Inven Global
Kim ‘Surrender’ Jung Soo. Foto: Inven Global

7. Kim ‘Surrender’ Jung Soo - US$ 230 mil (16 torneios)

Com passagens pela Natus Vincere e CLG em 2016, o coreano de 21 anos já faturou cerca de 200 mil em prêmios em três anos de carreira competitiva. Dos 16 torneios que esteve, a maior bolada que Surrender garantiu foi de 100 mil dólares no Hearthstone World Championship 2017 em janeiro de 2018. Mesmo em 3º e 4º lugar, ele totalizou 43.43% do prêmio total do evento, mais da metade do dinheiro total.

Jon Orange Westberg
Jon "Orange" Westberg

6. Jon ‘Orange’ Westberg – $239 mil (44 torneios)

O sueco passou por um 2016 incrível, com uma performance que o fez um dos melhores jogadores já vistos. Desde Magic The Gathering, Orange trouxe uma ampla experiência em cardgames para o Hearthstone, que lhe rendeu 70 mil dólares em um único torneio, o World Electronic Sports Games 2016 (WESG) em janeiro de 2017. Nos últimos três meses, Orange recebeu 13 mil em prêmios (cerca de R$ 50 mil) em dinheiro de 3 torneios.

Frank Zhang. Foto: Arquivo Pessoal/Twitter
Frank ‘fr0zen’ Zhang. Foto: Arquivo Pessoal/Twitter

5. Frank ‘fr0zen’ Zhang - $243 mil (20 torneios)

Um dos grandes nomes de Hearthstone possui um recorde de 150 mil dólares (total de R$576.000) de premiação em um único torneio no Hearthstone World Championship 2017, neste ano, ao perder o título para o taiwanês tom60229. O player, que joga pela Team Liquid desde março, passou por 10 campeonatos desde 2016 e contabiliza cerca de 250 dólares em prêmios.

Xhope. Foto: Liquidpedia
Xhope. Foto: Liquidpedia

4. ‘XHope’ (nome desconhecido) - US$ 280 mil (13 torneios)

A China é uma terra promissora para Hearthstone: muitos torneios, uma enorme comunidade e premiações impressionantes. Apesar da significativa diferença de jogo diante dos europeus e americanos ser vista como um obstáculo para os chineses, XHope é um dos jogadores a trazer o país para o atual topo de Hearthstone.

Em sua primeira competição durante o Gold Series 2016, XHope não saiu com a taça, mas faturou 4 mil dólares com a terceira colocação. Uma estreia animadora para o jogador que desde então recebe prêmios gordos, o maior deles foi de 213 mil dólares (cerca de R$817.000) como campeão da CN vs EU Champsionship 2017.

Zhou 'Jasonzhou' Bin. Foto: Reproduçã/oYoutube/Hearthstone
Zhou 'Jasonzhou' Bin. Foto: Reprodução/Youtube/Hearthstone

3. Zhou ‘Jasonzhou’ Bin – US$ 297 (15 torneios)

Grande parte das premiações estão nas mãos de Jasonzhou, um dos pioneiros do cardgame no servidor chinês que contabiliza quase 300 mil dólares desde sua primeira premiação no Gold Series 2016 de 15 mil dólares. O jogador fechou o mesmo ano com 126 mil dólares e o terceiro lugar do Mundial do Hearthstone.

Apesar do jogador não conseguir boas colocações no último ano, Jasonzhou disparou seu saldo de premiações no primeiro semestre de 2018 com o 3º e 4ª lugar na Blizzcon 2018, o que já lhe garantiu mais de 100 mil dólares. Atualmente, Jasonzhou está classificado em 252º lugar entre os players com ganhos mais altos.

Pavel Beltiukov. Foto: Arquivo Pessoal/Twitter
Pavel Beltiukov. Foto: Arquivo Pessoal/Twitter

2. Pavel ‘Pavel’ Beltiukov – US$337 mil (26 torneios)

Em 2016, Beltiukov venceu a BlizzCon levando para casa míseros 250 mil dólares e o título de campeão mundial de Hearthstone. O jogador também ganhou o primeiro torneio do cardgame em 2017 ao enfrentar o inglês James ‘Greensheep’ Luo por 3 a 0 no HTC Europe Winter.

Sendo assim, a Rússia é o quinto país a receber mais prêmios em eventos de Hearthstone: 49 jogadores profissionais e um lucro de 12 milhões de dólares em 723 torneios desde 2013. Pavel já ganhou quatro campeonatos internacionais e foi um dos jogadores mais influentes através de seu deck Guerreiro C’Thun quando a expansão Sussurro dos Deuses Antigos foi ao ar.

Chen ‘tom60229’ Wei Lin. Foto: Liquidpedia
Chen ‘tom60229’ Wei Lin. Foto: Liquidpedia

1. Chen ‘tom60229’ Wei Lin - US$ 342 mil (18 torneios)

Na posição de jogador mais bem pago em toda a história do cardgame da Blizzard está tom60229, o taiwanês que surpreendeu a comunidade ao venceu a vantajosa campanha do favorito fr0zen na Final do Hearthstone World Championship 2017 de 3 a 0 em um melhor de 3. Tom passou por 50 mil jogadores e entre os 16 finalistas que se qualificaram para o torneio.

Após a vitória, que lhe rendeu 250 mil dólares para sua conta que já contabilizava 91 mil dólares em 10 torneios, seu deck de Druida Jade utilizado durante a Final serviu de inspiração para a comunidade. No Mundial de 2014, tom60229 esteve entre os 16 finalistas do torneio e foi o primeiro jogador asiático a vencer um World Championship, depois dos europeus e americanos (Pavel em 2016 e Ostkaka em 2015 e Firebat em 2014).

[Créditos das Fotos: ESLHearthstone/Twitch  e Helena Kristiansson, via Shacknews]

Jornalista especializada em e-sports, ao qual dedicou sua monografia e atualmente desenvolve sua pós-graduação. Locutora comercial nos freelas - antes se aventurou como comentarista em campeonatos amadores de LoL. Sommelier de jogos da Steam, doramas, animes e mangás dos anos 80.