Versão Beta
Close

Hearthstone - O Guia Lendário para o modo ARENA (parte 3)

Veja a terceira parte de nosso guia para o modo de Arenas no Hearthstone!

por Daniel 'RyzingxFire' Moura

E ai pessoal, RyzingxFire aqui. Vamos a parte 3 de nosso artigo de Arenas, e confira as outras partes aqui e aqui

Sobre a “gameplay”, lembra na parte 1 onde falei sobre rotações? Não consigo frisar o quanto isso é importante. Constantemente a Blizzard estará fazendo rotações das expansões da Arena e, sabendo disso, todos os cards para jogar em volta serão diferentes. Exemplo: Se a rotação atual da arena tiver Un’Goro incluido, pode esperar um turno 6 poderoso do paladino com a Montaria Costadura. Cuidado com a rotação; isso nos leva ao próximo assunto. 

Jogar ao redor de segredos. De fato, se você está escolhendo segredos em uma arena, ou enfrentando alguém com segredos só tem 3 motivos.

1 - Caçador (que não seja os segredos de Geringotzan)
2 - Paladino (essa vai precisar de sorte para encontrar boas sinergias)
3 - Bloco de gelo. 
4. Talvez, em uma pequena chance, você esteja jogando durante uma rotação totalmente favorável de segredos e encontre várias sinergias.

Totalmente situacional, concorda? Eu estou aqui para dizer como jogar ao redor dela.

Não joga. Obrigado.

Estamos falando de Arenas. Se por acaso estiver contra um caçador com a mesa cheia e ele jogar um segredo (estando na rotação que inclua clássico), você terá SIM que ter medo de perder tudo para armadilha explosiva. Contra Mago, agora que o Bloco de Gelo foi mandado para hall da fama, eu não sei EXATAMENTE como funciona para esse segredo ser selecionado, porém, esse é o menor dos problemas (Contrafeitiço, Runas Explosivas e Vaporizar são uma dor de cabeça bem chata). Infelizmente, segredos são algo totalmente situacional e dependente de rotação, pode ser que não encontre algo que vale a pena, ou seja, não é bom investir nisso e sendo assim, a própria pergunta se anula.

Como jogar contra segredos em arena? Não joga. Depende MUITO da rotação e a situação da mesa. Se você é de boa com perder a mesa toda, bate no caçador, se você tem dano na volta, bate no mago.

*não inclui detalhes sobre os feitiços de ladino pois só existiram em uma expansão até agora.

Mulligan é algo que reflete bastante no seu plano de jogo e sinergias possíveis que você tenha no deck. A ideia principal mesmo é sempre buscar por lacaios turno 1 ou 2, já que o núcleo de Arena é tempo mesmo. É bom ter reconhecimento de classes nesse detalhe, por exemplo: Mago pode remover um lacaio /1, Sacerdote pode curar e manter seu tempo da mesa, Guerreiro é Guerreiro e Caçador tem muitas formas de sinergia, então cuidado e analisa a melhor forma de estabelecer lacaios na mesa, isso inclui os iniciais. Logico que fazer o mago gastar o turno 2 para remover um lacaio é muito bom, porém, se ele tiver já jogado algo no turno 1 e esse lacaio tem chances de permanecer vivo, ai você tá muito atrás na mesa. 

Vamos as classes:

Qual o objetivo dessa classe?

- Mago: Controlar com feitiços e fazer uma bola de neve com lacaios tempo
- Caçador: Encaixar dano na face da forma mais rápida e eficientemente possível. 
- Paladino: Ondas de lacaios pequenos, armamentos e feitiços de buff para ganhar.
- Guerreiro: Manter um total de vida alto, controlar com armas e vencer no tempo.
- Sacerdote: Manter lacaios curados e buffados, ganhar com feitiços/tempo. Cuidado.
- Ladino: Ondas de lacaios e dano tirado do nada. Tome cuidado com essa classe.
- Xamã: Ondas de lacaios, remoções poderosas e buffs de mesa para virar o jogo.
- Druida: Devido as rotações, essa classe depende muito. Pode ser tanto agressivo e mais mid range.
- Bruxo: Essa classe pode ir nos dois caminhos. Feitiços/Tempo, Ondas/Dano na face.

Detalhes importantes a relevar:

Mago: Você pode tomar 2 Ignimpacto, considere seus lacaios como uma fonte de segurança para não tomar dano extra e morrer para bola de fogo ou qualquer coisa do tipo.

Caçador: Costumo dizer que se o caçador começar na vantagem já era. Mantém o controle de mesa e tente ganhar a corrida de letal.

Guerreiro: Não subestime o dano das armas. Na arena, Emeriss vira card de guerreiro (as vezes).

Paladino: Bênção dos reis é seu maior pesadelo. Se tiver pensando se mata ou não o 1/1, foque no lacaio.

Sacerdote: Só troca lacaio se for matar, não deixa algo com vida baixa na mesa dele e não deixa sua vida no ponto de tomar letal surpresa, essa classe é perigosa.

Ladino: Em minha experiência, essa é a classe mais perigosa da arena em questão de letal surpresa. Às vezes o cara tá vindo de 0-2 porque ele montou um combo nada a ver no deck dele, mas, não se preocupa, esse combo vai funcionar justamente com você.

Druida: Não se alarme com a quantidade de armadura (rotações do ano do mamute/corvo), geralmente o Druida só escolheu esses cards mesmo. Não é BEM assim, mas é assim. Em geral, os decks de druida serão bastante Token, jogando ao redor dos buffs de mesa.

Xamã: Essa classe tem muitos cards sinérgicos, algo que pode atrapalhar bastante na seleção caso não consiga completar as sinergias. De qualquer modo, a quantidade de lacaios pequenos junto com os feitiços de remoção e Sede de Sangue já dá uma lista poderosa.

Bruxo: Como eu falei do Druida, essa classe vai depender da rotação, já que algumas favorecem muito para Zoo e outras classes que favorecem algo mais controle. Entretanto, Bruxo é uma classe que não tem erro, faz o arroz com feijão (Zoo/Aggro) mesmo e garanta suas 7 vitórias.

La na primeira parte falamos sobre o “arquetipo” de cada classe. Qualquer coisa da uma olhada lá para conferir. Cria sua mentalidade ao redor disso, de como jogar a classe corretamente. Sites como o HsReplay  mostra exatamente e em tempo real que classe que está melhor e quais cards são mais populares para tal classe. Chamo atenção para essa parte agora. 

Vamos analisar uma classe por inteira para concluir.

Então, gastamos nossos suados 150g e vamos entrar na arena. É apresentada 3 opções - Guerreiro/Xamã/Caçador, Qual escolher?

Vamos ao site:

Chances de Vitória das Arenas
Chances de Vitória das Arenas

Qual está em uma colocação melhor? 

Vamos escolher o Xamã!

Ok, agora retornamos ao artigo e vamos analisar qual o melhor draft para essa classe.

Xamã: Ondas de lacaios, remoções poderosas e buffs de mesa para virar o jogo.

Xamã: Essa classe tem muito card sinérgico, algo que pode atrapalhar bastante na seleção caso não consiga completar as sinergias. De qualquer modo, a quantidade de lacaios pequenos junto com os feitiços de remoção e Sede de Sangue já dá uma lista poderosa.”

Ah, perfeito então vamos jogar nesse estilo. Deixa eu só conferir qual a rotação do momento para saber o que devo escolher.

Goblins vs Gnomos, O Grande Torneio, Uma noite em Karazhan, Projeto Kabum, Ascensão das Sombras. (via)

Ótimo, de acordo com o que sabemos, são expansões com bastante apoio ao Xamã mais agressivo, vamos olhar as escolhas mais comuns (O site também informa esses dados).

Cards de Xamã - Arenas
Cards de Xamã - Arenas

(via HSReplay)

Só no inicio da pagina ja da pra ter noção de que forma os Xamãs estão rodando. É um estilo bem agressivo com cards de alto valor que viram o jogo só de serem executados. Poderiamos até chamar de Midrange, caso realmente venha tantos cards de custo medio com potencial de finalizar.

Bom, agora que sua lista está finalizada, basta jogar e colocar em prática tudo que foi ensinado nas três partes.

Bom, este é o final da guia de arena. Espero que tenham gostado e fica de olho na próxima série (deixem nos comentários algo que vocês desejam aprender, ou conhecer mais sobre)!

Para os interessados em algo mais pessoal, já fui coach profissional, podem entrar em contato comigo no Twitter ou Instagram. Também se inscreva em meu canal na Twitch, onde pretendo voltar a realizar minhas streams. https://www.twitch.tv/ryzingfire.

 Até a proxima!

Colaboradores da Comunidade Card na Manga