Card na Manga

Close

Ano da Fênix em Hearthstone: O que esperar dos novos cards de Sacerdote

Veja o que esperar das mudanças de Sacerdote, que começam a valer a partir da próxima expansão de Hearthstone (Cinzas de Terralém).

RyzingxFire aqui. Quero falar sobre algo interessante e tenho certeza que todos estão morrendo de curiosidade sobre isso. 

O que esperar de SACERDOTE; mesmo que eu saiba que é cedo demais para falar sobre isso, é bom sempre ter teorias a respeito! 

Começando pelos cards que foram removidos, de forma geral dá pra entender que a Blizzard meio que cansou de ver o padre sendo giga lul. Decks 4head como Otk e combo vão deixar de ser relevantes e isso está sendo orquestrado desde a época que removeram Impacto Mental. Lógico que aparece alguns cards que contrariam um pouco isso.

Analisando a lista, temos:

- Velen: Usado na maioria dos combos na história do sacerdote.
- Espirito Divino: Card chave e vital para o dobra-dobra
- Clériga da Vila Norte: 80% dos melhores decks de sacerdote, independente do arquétipo usavam o card.
- Forma de Sombra: hm
- Auchenai: +Círculo de cura, estratégia comum nas variações de controle da classe
- Fogo Sagrado: Dano direto que aparecia em alguns decks

Com as remoções acima, o que isso indica? A equipe de Hearthstone está focada em gerar uma forma diferente de jogar com o sacerdote e sair da mesmice que a classe vive há anos, sem que perca sua identidade de classe. A ideia é essa, ser algo baseado em curas, remoções simples e lidar com a mesa do oponente. 

Agora vamos olhar os cards que estão entrando no lugar dessas.

Natália Selina
Natália Selina

Natália Selina

A substituta do Velen vem para concretizar o que eu falei sobre controle da mesa e domínio de remoções. Por um custo razoável, você ganha um lacaio 8/x com x sendo a vida de qualquer lacaio que você destruir.

Palavra Sombria: Desgraça
Palavra Sombria: Desgraça

Palavra Sombria: Desgraça

O card parece desequilibrado a primeira vista, mas, custando 4 mana e destruindo os próprios lacaios também, parece uma forma relativamente justa de equilibrar o card. Pode esperar pelo menos 1x em todos decks de sacerdote controle.

Subjugante Escarlate
Subjugante Escarlate

Subjugante Escarlate

Um interessante anti-aggro apareceu também. A viabilidade do card vai depender do tipo de decks que irão surgir, entretanto, deve ser fixo no Sacerdote Highlander e alguma variação de tempo. O Sacerdote controle vai preferir outras coisas, veremos no novo meta em abril.

Capelão Kultireno
Capelão Kultireno

Capelão Kultireno

Na categoria de tempo, esse card tira um 8/10. Só não é 10 porque depende de ter um lacaio na mesa, porém, na grande maioria das vezes que sacerdote vai utilizar o Capelão, vai ser em listas naquele estilo Sacerdote Dragão que tem bastante lacaio e trabalha diretamente na mesa, ou seja, vai conseguir manter um bom equilíbrio de tempo por um custo baixo.

Conjuradora Psíquica
Conjuradora Psíquica

Conjuradora Psíquica

Então, já vimos essa estratégia de roubo inúmeras vezes, é difícil falar que agora “acertaram”, apenas com o tempo da expansão vamos poder saber se é um card efetivo ou não.

Infusão de Poder
Infusão de Poder

Infusão de Poder

Deixei este card por último com a esperança de ter o que falar sobre ela, cheguei e ainda não tenho nada pra falar, entretanto, tirando o foco do competitivo padrão, na arena eu vejo esse card com muito valor. Provavelmente, com Infusão, Conjuradora e Capelão, o sacerdote pode melhorar e muito na arena. 

Não é só de cards novos que o sacerdote foi presenteado. Também tivemos alterações em diversos cards que já conhecemos. 

  • Nova Sagrada
    • Teve seu custo reduzido de 5 para 4 cristais de mana.
  • Punição Sagrada 
    • Teve seu dano aumentado de 2 para 3.
  • Palavra de Poder: Escudo
    • Teve seu custo reduzido de 1 para 0 de mana
  • Insanidade Sombria
    • Teve seu custo reduzido de 4 para 3 de mana
  • Roubo de Pensamentos
    • Teve seu custo reduzido de 3 para 2 de mana
  • Palavra Sombria: Morte
    • Teve seu custo reduzido de 3 para 2 de mana
  • Impositor do Templo
    • Teve seu custo reduzido de 6 para 5 de mana.

Sobre as mudanças, as que me mais me chamam atenção é: Palavra de Poder: Escudo e Palavra Sombria: Morte. 

Palavra de Poder: Escudo - Gratuito, tiraram a compra de card, mas fortaleceram muito o combo anti-aggro com o Piromante Selvagem. 

Palavra Sombria: Morte - O QUE JÁ ERA BOM, FICOU AINDA MELHOR! Na real, não sei se a redução impacta tanto assim na quantidade de uso do card, mas eu particularmente espero ver mais em ação. Sabemos o quanto a redução de mana faz diferença no hearthstone. 

Sobre as outras mudanças, talvez Impositor passa a aparecer mais (??), bem difícil ter certeza sem ver os cards em ação. 

Finalizando. Sacerdote vem com uma nova cara, não imagino que as mudanças vão enfraquecer a classe mais do que já tá e eu te garanto que algum louco vai fazer uma lista de Sacerdote Zoo ou aggro funcionar, fica de olho. 

Minhas apostas são: Sacerdote Highlander com dragões Tier 1
Sacerdote Controle tier 2
Sacerdote Tempo com Dragões Tier 1 

Sacerdote Aggro/Zoo (só o tempo dirá)

Só saberemos como que ficará a classe quando o meta virar para o Ano da Fênix e quando tivermos os decks e as classes já com os novos cards de Cinzas de Terralém.

Colaboradores da Comunidade Card na Manga