Card na Manga

Close

Guia de decks de Hearthstone: Guerreiro Pirata (Modo Padrão)

Veja dicas, mulligan e como lidar com as outras classes de Hearthstone usando o deck de Guerreiro Pirata, do meta de Cinzas de Terralém.

Em meio a tantos aggros e controles, alguns decks ainda encontram espaço para aparecer e poder se destacar. Um dos decks é o Guerreiro Pirata, que tem retornado para as filas ranqueadas. Com os nerfs e o aumento de Druidas, Magos e Bruxos, Guerreiro Pirata ganhou ainda mais espaço para sucesso. A lista abusa de alguns combos já conhecidos do Guerreiro Ovo, entretanto, com alguns lacaios diferentes e armas a mais, o Ideal é jogar bem mais agressivo que o outro arquétipo da classe.

Código do Deck:

AAECAQcGogKwAv8DqAX1qAPerQMMHNQFpAbuBucH7wfcrQPdrQPosAPpsAO8uQPAuQMA

O Mulligan do deck não tem complexidade alguma:

Mulligan Guerreiro Pirata
Mulligan Guerreiro Pirata

Atenção*: Contra decks/classes que custam ser mais agressivas, é recomendado trocar Gan’arg para encontrar mais lacaios de custo 1. 

Guerreiro Pirata Testes 27-05
Guerreiro Pirata Testes 27-05

Caçador de Demônios: Contra essa classe, a partida vai ser uma corrida. Tente ser o agressor, faça com que o CD jogue sempre atrás e não força muitas trocas. Use suas armas para fazer trocas, visando sempre o cuidado com seu total de vida. É muito importante manter o tempo da mesa. Não recomendo manter Gan’arg nessa matchup, busque lacaios de custo 1 mais agressivos. 

Druida: Aqui temos uma matchup bem favorável. O ideal aqui é jogar bastante agressividade, não tem necessidade de trocar no começo, porém, se ficar atrás e não abrir o jogo tão bem assim, ai vai ser bem importante manter sempre o controle da mesa. Não tenha medo se o jogo prolongar, mesmo que não seja ideal, ainda é possível juntar um letal surpresa. O jogo só acaba quando o retrato explode.

Caçador: Surpreendentemente, a matchup é mais favorável do que deveria ser, isso é devido a quantidade de Caçador Highlander, um arquétipo “mais lento” (sabemos que de lento não tem nada). Contra Caçador Highlander você sempre será o agressor, porém, sugiro que respeite sempre um lacaio grande na mesa e os turnos 5-6 pois se você tiver atrás e tomar um Brann, já era. Contra Caçador Face ou qualquer formato mais agressivo; Leia Caçador de Demônios.

Mago: Ok, aqui costuma ser folgado quando o RNG ajuda, mas, é Mago e sabemos bem que as coisas nunca são tão simples quanto podiam ser. Cards que congelam são uma tragédia para o Guerreiro, entretanto, tem como jogar ao redor. Mago precisa ser batido aos poucos, igual Gato com uma presa, já viu como é? O Gato fica brincando com a presa até deixar a presa sem chance de escapar, depois come. É assim, coloca um lacaio. Não aconteceu nada? Coloca 2. Nada de novo? 3 e por ai vai até matar. (ABENÇOADO SEJA A CAIXA DE YOGG).

Paladino: Aqui é onde filho chora e mãe não ver. Realisticamente não entendo essa enorme vantagem para o paladino, entretanto, se reparar bem, paladino tem inúmeras ferramentas contra Guerreiro Pirata. Diversas curas, lacaios com provocar + escudo divino, remoção em área e isso sem contar o Paladino Murloc que, teoricamente, é o deck mais agressivo do meta atual. Contra o Paladino, sugiro jogar de forma controladora, abuse bastante das armas, faça trocas sempre que achar necessário para evitar possíveis buffs e vai pensando em maneiras de dar letal em um turno só, famoso OTK. Contra Paladino Murloc; Leia Caçador de Demônios (ou segura na mão de Deus e vai).

Sacerdote: Incrivelmente, a matchup é razoavelmente favorável para o Guerreiro. Abrindo de forma agressiva e usando armas, feitiços de comprar card depois de remoções é a forma mais inteligente de vencer, ou seja, explicando de forma mais simples: Se o Sacerdote ainda não usou nenhuma remoção em area e você está entre equipar uma arma/usar feitiço ou jogar um lacaio, jogue o lacaio. Estabelecer o tempo na mesa e utilizar armas e feitiços para reestruturar é a melhor forma de vencer contra sacerdote. Qualquer coisa, leia; Druida ou Mago.

Ladino: De acordo com o conhecimento básico e o senso comum de Hearthstone onde que ladino é historicamente péssimo contra Aggro, essa matchup é menos favorável do que deveria ser. Ladino de Segredos é um problemão, Ladino furtivo é pior ainda. Ladino Highlander pode ser uma matchup boa, o deck é bem forte contra controle, mas sofre um pouco contra listas mais agressivas, sendo assim,
Ladino Highlander; Leia Druida (Seja o mais agressivo possível, mas se o jogo se estender ou cair um cleefão na mesa, trabalhe para manter o controle do tempo)

Ladino Segredos; Leia Mago ou Sacerdote (O rng vai ser bem desgastante aqui, caso o oponente abrir com Hanar. Caso contrário, seja MUITO agressivo e deixa que o Ladino faça as trocas)

Ladino Furtivo; Leia Caçador (Matchup agressivo demais, muitos lacaios e muita compra de card, provavelmente terá que jogar pra controlar a mesa. Gan’arg será um otimo recurso aqui.)

Xamã: É notável que a classe tem sumido bastante, entretanto, as variações vistas na fila ranqueada tem muita remoção, curas e lacaios com provocar.

Xamã Galakrond: Essa lista pode aparecer com missão, highlander, mid range ou tanto faz, de qualquer forma, vai ser complicado de lidar. Abusa bastante dos primeiros turno, porém, fica esperto porque xamã consegue virar essa partida facilmente. Leia; Mago

Xamã Evoluir: Essa matchup pode parecer mais fácil, entretanto, velocidade é a chave da vitória aqui. Ao contrário das outras classes, quanto mais essa partida se estender, mais impossível vai ficar de virar. Use suas armas para remover lacaios, faça o possível para não deixar possibilidades de um evoluir fácil para o oponente e sempre que possível, troque seus lacaios pequenos para não deixar a mesa tão ampla, vai ser importante jogar ao redor de Mogu + evoluir.

Bruxo: Das três variações presentes na fila ranqueada, provavelmente a mais complicada será Bruxo missão, sorte sua que a lista é um pouco complicada de jogar e as partidas tendem a ser bem prolongadas, ou seja, verá poucos jogadores usando o deck.

Bruxo Zoo: Leia; Caçador de Demônios (Aqui não tem segredo; armas para trocar, lacaios batendo face, mas, sempre aproveite para fazer boas trocas. Vai ser importante manter o tempo)

Bruxo Galakrond: Leia; Paladino, Sacerdote e Mago. (Classe com muitas remoções e curas. Segue a estrategia do gato).

Bruxo Missão: Leia o texto acima sobre Galakrond.

Guerreiro: Guerreiro Pirata; Leia Bruxo Zoo ou Caçador de Demônios.

Para os demais guerreiros:

Guerreiro controle; Raramente deve aparecer, provavelmente será uma matchup extremamente complicada de fechar, mas é possível de vencer. Leia; Bruxo Galakrond.

Guerreiro Nohands (Ou qualquer variação daquela lista, seja com ovos ou sem): O principal problema dessa partida é que não tem como jogar ao redor de remoções e nem do ganho de armadura do Guerreiro inimigo, entretanto, há uma forma de vencer, Leia; Sacerdote.

(Jogando da forma proposta na parte de Sacerdote pode ser bem lenta ou até mesmo “passivo” demais, entretanto, contra classes com capacidade de ganhar muita vida e remoção de mesa fácil demais, é importante saber criar “iscas” para seu oponente morder e acabar perdendo no seu jogo mental). Um dica mega importante nessa matchup, tenta forçar as remoções sem que seu oponente tenha a ferreira na mão ou mesa, ou seja, quando ver a oportunidade de encher a mesa no começo da partida, faça e torce para não ver ferreira. 

Até o próximo guia!

RyzingxFire. Aluno de Publicidade, analista de Hearthstone e apaixonado por Control Warrior. Dedicado em trazer um conteúdo com qualidade de alto nível. Twitter @RyzingxFire