Card na Manga

Close

Análise de campeonatos - Grandmasters América - Semana 2

Análises da segunda semana do Grandmasters América

Você já se perguntou sobre as estatísticas dos torneios de Hearthstone? Quais as melhores e mais usadas composições de acordo com o meta atual, quais as classes mais banidas e qual a porcentagem de vitória dos decks?

Hoje o Card na Manga inicia as análises estatísticas dos torneios de Hearthstone, começando pelo Grandmaster América - Semana 2, vencido pelo jogador Eddie por 3 a 1 contra Bloodyface. Para as análises, foram catalogadas as 290 partidas da semana.

Composições

A primeira fase da semana terminou com o jogador Fr0zen (basta clicar no nome dele para ter acesso aos decks) como primeiro colocado, com apenas uma derrota. O grande destaque de sua composição fica por conta de seu Secret Rogue.
Bloodyface, segundo colocado, trouxe uma composição mais conservadora, com destaque para o Soul Demon Hunter. O campeão Eddie, que se classificou em ultimo na primeira fase, trouxe em sua composição o ilustre Tortolla Mage, Soul Demon Hunter e, também, os decks mais usados na semana: Highlander Priest e Bomb Warrior.

Warrior esteve presente em todas as composições da semana, em suas três variações: Bomb, Enrage e Big Warrior (esse último usado pelo player Zalae). Priest esteve presente em 87,5% delas, sendo a variação Highlander mais comum. Com destaque para o Soul Demon Hunter, que se mostrou um arquétipo consistente no torneio, os outros slots dos decks foram ocupados conforme o gráfico:

Bans

Se você disputa ou disputou algum campeonato recentemente, sabe que Warrior é a classe mais banida nas partidas atualmente. Aqui não foi muito diferente, Warrior representou aproximadamente 40% dos banimentos, empatado com Priest. Lembrando que o formato da segunda semana foi Último Herói de Pé, o que explica um pouco da quantidade de bans nas duas classes. Warrior e Priest são as classes com a maior capacidade de vencer quaisquer adversários no meta atual. O percentual de bans das outras classes e seus respectivos decks segue abaixo:


Análise de Confrontos e Decks

Ao analisar os dados das 290 partidas, chegamos ao gráfico abaixo que mostra a taxa de vitória de cada um dos decks. Vale ressaltar que a quantidade relativamente baixa de partidas é uma barreira para uma análise mais precisa dos dados, mas nos traz uma referência do desempenho dos decks nas mãos de profissionais.


Bomb Warrior se mostra extremamente eficiente em campeonatos, seja por sua taxa de vitória, seja pela quantidade de bans recebido. É um deck que ainda passa por certo refinamento em suas listas, sendo uma delas com Galakrond, trazendo um late game mais forte, e outra com Capitã Temerária e Ferreira de Armaduras, que se mostra melhor contra decks agressivos. As listas seguem abaixo:

  • Bomb Warrior:  AAECAQcKkAPIA/8Dm5QD/KMD3q0D360D6LADk9ADqtIDCkuiBNQE/wealAPdrQOktgO4uQPAuQP31AMA
  • Enrage Warrior: AAECAaPLAwQc3q0D1LoDk9ADDRaQA9QEvaYD9agD3KkD3a0DpLYDq7YDu7kDwLkDnLsDkdADAA==
  • Big Warrior: AAECAQcE0gLWmQPfrQOr1AMNS6IE/weyCJaUA9utA7i5A/bCA+LMA+PMA6fOA4rQA9LRAwA=

Highlander Priest trouxe mirror matchs bem interessantes, principalmente pra quem estava com sono. É um deck poderoso, que gera diversas respostas e tem infinitas remoções. 

  • Highlander Priest:    AAECAa0GHtwBkALJBooH0wqClAOYmwPrmwP8owOZqQParAPyrAOFrQPNrwOIsQOOsQORsQPjtAOTugObugOvugP0uwPIvgPIwAOzzAOczQPLzQPXzgPj0QP70QMAAA==
  • Galakrond Priest: AAECAZ/HAgiKB9MKha0DjrED47QDyL4DyMAD+9EDC9qsA4GxA5i2A5O6A5u6A6+6A97MA5zNA8vNA9fOA+PRAwA=

Guardian Druid, mesmo após o nerf de Kael'Thas e com algumas listas até mesmo sem ele, se mostrou consistente. O deck passa por refinamento na mão dos players e provavelmente se manterá forte nos próximos campeonatos. A versão com Malygos é interessante e traz bons resultados na ranqueada, principalmente no ranking lenda. Gepeto Fazquebrinca deu as caras novamente e vale ser testado, enquanto Guardião da Floresta Omu parece ter encontrado seu lugar.

  • Guardian Druid: AAECAZICBuYF9q0D+rADks0Dlc0D9c4DDP4B5AjinwPbpQPougPsugPuugObzgO80AOT0QPe0QPw1AMA
  • Malygos Druid:AAECAZICBLQD9q0D5roDo9EDDUD+AdMD5AjbpQOMrgPougPuugOSzQObzgOT0QPe0QPw1AMA
  • Malygos Druid (com Gepeto): AAECAZICCLQDxQTanQPbpQP2rQPmugOSzQOj0QMLQP4B0wOMrgPougPuugObzgO80AOT0QPe0QPw1AMA

Rogue, a classe favorita daquele que vos escreve, aparece com suas inúmeras variantes agressivas. Stealth Rogue é um deck incrível, tanto para campeonatos quanto para a ranqueada. A decisão de incluir o pacote de armas fica por conta do freguês. Janice Barov é uma adição interessante pra classe. A versão com o pacote de segredos, trazida pelo Fr0zen, se mostrou interessante mas ainda precisade testes na ranqueada, sendo menos usada segundo os dados do HS Replay

  • Stealth Rogue: AAECAaIHBLICzQPZ0QOr0gMNtAHtAogH4gePlwP1pwO5uAO6uAPPuQOqywOk0QOK1AOL1QMA
  • Secret Rogue: AAECAaIHBLICwa4D+8QDi9UDDbQB7QKXBoYJj5cD/poD9acDt64DzrkD0LkDqssDpNED5dMDAA==

Demon Hunter encontrou sua casa com o pacote de Fragmentos de Alma. Temos duas versões no campeonato, uma mais agressiva e uma mais controle. Ambas vem sendo testadas na ranqueada e ocupam tier 2 no ranking lenda, de acordo com o HS Replay. 

  • Soul Demon Hunter (agressivo): AAECAea5AwSloQPaxgO1yQPP0gMNh7oD17sD4LwDx8YD2cYD/MgD/sgD0c0D+84DzNIDzdID1NID99UDAA==
  • Soul Demon Hunter: AAECAea5AwbHxgPaxgPUyAO1yQPP0gP21gMMpaEDh7oD17sD4LwD2cYD1cgD/MgD0c0DzNIDzdID1NID99UDAA==

Mage se encontrou na versão Small Spell. É odiado por muitos pelo seu fator RNG, trazendo aquela imprevisibilidade tão amada, mas é presente em muitas composições. Eddie trouxe o Tortolla Mage e, como vimos, ou foi banido ou trouxe vitórias. É um deck divertido, ao menos raiva nos oponentes você garante.

  • Small Spell Mage: AAECAf0ECIOWA/isA8W4A427A+DMA/jMA9DOA9nRAwurBOYEn5sD4psD/50D+6wD/awDhc0Dzc4DpNED99EDAA==
  • Tortolla Mage: AAECAf0EBtOYA/KlA427A4/OA9nRA/bWAwyKAckDywSKB/MMoaEDi6QDw7gD+MwDpNED5dED/tEDAA==

Hunter e Warlock foram lembrados, mas não trouxeram bons resultados ainda. Highlander Hunter trouxe dificuldades pros jogadores Nalguidan e NoHandsGamer, o deck não parece muito efetivo em campeonatos, nem na ranqueada.

  • Highlander Hunter: AAECAR8eqAK1A+EEigfbCfyjA+SkA6alA4qtA4utA46tA/muA/yvA/6vA4ewA4iwA+ewA/+wA4WxA5GxA9iyA6+3A4O5A6K5A/+6A6LOA4LQA7nSA+PUA/bWAwAA
  • Zoo Warlock: AAECAaPDAwLWuQPWzgMOMM4Hwgj9pAOBpQO1uQO2uQPLuQObzQPXzgP/zgPB0QPM0gPN0gMA

Paladin e Shaman foram esquecidos dessa vez, ou de vez? Paladin é presente na ranqueada, e forte. Shaman passa por testes nas mãos de curiosos e corajosos jogadores, mas não parece esboçar reação por enquanto. 
Na próxima semana o formato do campeonato será diferente, será o formato Especialista, aquele que trouxa diversos debates entre os players.

Traremos novamente a cobertura, dessa vez na segunda-feira, com mais análises. 


See ya.

Apaixonado por Card Games, Roguelikes e pela série Souls, sempre quis escrever sobre jogos e ajudar a comunidade de Hearthstone no Brasil. A crise dos 30 deu um empurrão para ir atrás desse velho sonho.