Versão Beta
Close

Guia de Ranqueada - Bruxo Par 2.0 (Padrão)

Confira cards essenciais e dicas para o deck Bruxo Par, no Modo Padrão!

INTRODUÇÃO

Mais uma vez estamos revisitando o Genn Greymane e a mecânica de deck construído apenas com cards de custo par. Isso mostra o quanto as sinergias com o poder heroico são fortes, pelo fato de você pode sempre contar com ele. Desta vez falaremos desta mecânica no Bruxo e como isso afeta na construção do deck.

PRINCIPAIS CARDS

Profanar

Profanar é um dos maiores motivos do Bruxo Par estar se saindo muito bem neste meta, pois é uma remoção em área extremamente efetiva para limpar o campo do oponente. Sua principal função é ser uma resposta muito boa contra o Druida Token e seu combo de Bosque dos Fogos-Fátuos e Alma da Floresta, com o Profanar se torna muito mais fácil de lidar com isso.

Aniquilador Recurvo

Este lacaio tem duas funções: Uma bem importante, a outra nem tanto. A primeira e mais importante, é sua interação com os cards que causam dano no seu herói, pois a habilidade de jogar um lacaio 7/7 com provocar por apenas 4 manas é insana e acaba por fazer valer a pena a perda de vida. A segunda função é a de ser revivido pelo Gul'dan, o Furtassangue, tendo em vista que o deck possui pouquíssimos demônios. Esta função não é tão importante porque ele irá voltar apenas como um lacaio 4/4 sem nenhuma habilidade extra, o que normalmente não o torna algo relevante no fim de jogo.

Rin, a Primeira Discípula

Apesar de existirem versões que não utilizam a Rin, é um card que que ajuda e muito a ganhar de outros decks de controle. Quando mais cedo conseguir jogá-la e destruí-la, melhor. Alguns jogadores tem optado por não adicioná-la pelo fato de ser um card ruim contra decks agressivos e que, contra decks de combo, acaba sendo um pouco lenta. Mas vão existir alguns jogos contra decks de combo que você irá conseguir destruir o deck do oponente a tempo e provavelmente ganhar o jogo por isso, além de ganhar vários jogos contra decks de controle. A maneira mais eficiente que o deck possui para destruí-la é com a Chama Sombria, assim você ativa seu efeito imediatamente e impede que cards de silenciar anule-o.

Gul'dan, o Furtassangue

Como o deck só pode possuir cards de custo par, as opções de demônios são bem mais escassas. Homúnculo OrdinárioAniquilador Recurvo e Infernal Medonho são as três melhores opções para este deck, pois eles possuem sinergia entre si e com a Ametista Mágica Inferior. São poucos demônios para reviver com seu Gul’dan, o Furtassangue mas já são o suficiente. O mais importante acaba sendo seu novo poder heroico, que ajuda a finalizar o jogo e remover lacaios.

Gigante da Montanha

Este lacaio não é novidade nenhuma no Bruxo, pelo contrário, desde sempre o arquétipo de HandLock (Bruxo baseado em compra de cards) utilizou ele para tirar valor do seu poder heroico no turno 2 e 3 e jogá-lo por 4 manas no turno 4. Porém, nesta lista ele pode ser jogado um pouco mais rápido. Com seu poder heroico custando apenas 1 mana é possível joga o Gigante da Montanha no turno 3 se começar com A Moeda na mão, basta utilizar seu poder heroico no turno 1 e 2.

LISTA COMPLETA

CÓDIGO

AAECAf0GDJMB8gX7BooH+wegzgLCzgKX0wLY5wLL7ALN9ALx9wIJtgfhB40I58sC8dAC/dACiNIC2OUC6uYCAA==

MULLIGAN

O mulligan deste deck não é tão simples, mas iremos resumir ao máximo. O Draco do Crepúsculo é provavelmente o card que pode manter na mão inicial em todas as partidas, pois ele serve tanto ofensiva quanto defensivamente. Contra decks agressivos busque seus lacaios custo 2 e suas remoções em área: Profanar e Fogo do Inferno. Contra os decks de controle ou mais lentos o card mais importante é o Gigante da Montanha, pois fazendo ele o mais cedo possível você consegue finalizar o jogo em poucos ataques, se seu oponente não conseguir removê-lo é claro. Manter um lacaio custo 2 conta os decks de controle também é válido, pois você pode jogá-lo no turno 3 depois de utilizar seu poder heroico e este lacaio irá ajudar a fazer trocas ou causar um pouco de dano ao oponente.

POSSÍVEIS SUBSTITUIÇÕES

Contra decks agressivos:

-1 Rin, a Primeira Discípula

-1 Geist Esquivo

+2 Agoureiro

Contra decks de controle:

-1 Bomba Espiritual

+1 Comandante Argênteo

CONCLUSÃO

O sucesso deste deck está ligado ao estado do meta atual, isso porque suas remoções em área são extremamente eficientes contra os decks agressivos que existem atualmente e pelo fato do dano causado pelo poder heroico não ser tão punido como era há alguns metas atrás. Principalmente contra o Druida Token e decks que dependem muito dos lacaios em campo sobreviverem ou que seu oponente não tenha muitos lacaios com provocar. Este deck consegue frustrar estes dois planos. Além disso, a consistência de seus lacaios consegue colocar muita pressão em decks mais lentos. São poucos os decks que possuem remoções eficientes no início do jogo. Fica a dica então de um ótimo deck para buscar o ranque Lenda ainda cedo na temporada.

Gostaram do deck? Testem e contem pra gente como se saíram com a lista! Fiquem ligados em nossas redes sociais:  FacebookTwitter e Instagram 

Jogador profissional e streamer.