Versão Beta
Close

Guia de Ranqueada – O Mulligan

Dicas e estratégias para a etapa do mulligan, quando você opta (ou não) por trocar alguns cards da mão inicial da partida.

O Mulligan é a etapa inicial e muitas das vezes é onde a partida é decidida, mesmo sem tê-la jogado. Como streamer, ao menos uma vez ao dia recebo perguntas sobre como mulligar com ou contra determinado deck e ainda tenho uma dificuldade em resumir a maneira como se deve fazer isto por conta da grande variedade de decks existentes. São inúmeras.

O que trago neste artigo não é um resumo detalhado de possíveis mulligans em partidas e sim o pensamento que você deve ter ao começar uma partida.

O primeiro ponto que quero trazer é: conheça as forças e fraquezas de cada classe. O conjunto clássico/básico ainda é um das coleções que mais influenciam o formato Padrão, tanto nos próprios cards quanto na definição do papel de cada classe no jogo, além de ser o único conjunto que se mantém constante no formato (salvo os cards transferidos para o Hall da Fama). Entendendo isso, você passa a conhecer algumas das fraquezas que as classes possuem e isso ajuda muito a compreender a maneira como mulligar contra determinadas classes. Claro que as fraquezas podem mudar a depender das expansões que estiverem no momento no formato Padrão, a partir daí, você passa apenas a adaptar seu pensamento levando em conta o que há de novo no formato para cada arquétipo em cada classe.

Vamos deixar um pouco a explicação de lado e irmos a um exemplo: O conjunto básico/clássico do Druida é um dos mais fortes quando comparamos com o de outras classe. Crescimento Silvestre e Nutrir são cards muito fortes para auxiliar um arquétipo midrange ou ramp e com o auxílio de Patada, Ira e com alguns lacaios com provocar ele consegue lidar com decks agressivos que colocam muitos lacaios pequenos em campo. Porém, se o oponente fizer um lacaio muito grande logo no início do jogo, a única opção que o druida possui para resolvê-lo é o card Naturalizar, que geralmente é pouco utilizada para essa função por ter uma desvantagem muito grande contra decks agressivos. Conhecendo isso, um deck que possua Gigante da Montanha ou uma Hidra Ondamara irá mantê-la na sua mão inicial se eventualmente estiver jogando contra um Druida Ramp.

Mulligan com o Lich Rei
Mulligan com o Lich Rei

O segundo ponto é em relação a uma dúvida que também é muito recorrente: “Se uma mesma classe possui tanto um deck de controle quanto um deck agressivo, como devo me comportar no mulligan?” A resposta que sempre dou é a seguinte: se você precisa de algum card específico para ganhar da versão agressiva, como uma remoção em área ou lacaios com provocar, busque sempre por estes cards. Contra os decks agressivos você tem menos tempo para reagir e consequentemente irá comprar menos cards antes do jogo acabar. Já contra os decks de controle normalmente você tem mais tempo para achar os cards que serão bons naquela partida.

Por último, a dica que ressalto é que vocês conheçam como funciona cada deck do meta, principalmente os decks mais populares e tentem perceber onde está ponto fraco daquele deck ou daquela classe. Com este pensamento você terá um padrão na maneira de se mulligar, mesmo em metas diferentes. Você só precisa ir se adaptando a cada nova expansão que surge.

Jogador profissional e streamer. Email: pdantas@cardnamanga.com.br . Twitter: @HeisenbergCWG