Versão Beta
Close

Hearthstone: Guia para iniciantes no Formato Livre

Confira dicas para iniciar no Modo Livre de Hearthstone, um dos principais modos de jogo onde valem cards de todas as expansões.

Salve a todos! Dessa vez galera estou trazendo um artigo focado em jogadores novatos, em especial jogadores novatos no formato livre. Sendo assim caso você já seja experiente no formato talvez você já saiba muitas dessas dicas.

Eu irei dividir esse guia em duas partes, já que você pode se introduzir no formato livre por dois caminhos, o caminho do dinheiro e o caminho do esforço. Diferente do modo padrão, os decks do modo livre costumam durar muito ou pelo menos a base deles costuma continuar a jogar para sempre em arquétipos similares, graças a isso não investir dinheiro não significa que você não vai poder jogar o formato no mesmo nível de quem gasta, só que vai ser mais demorado.

Porém antes de apresentar os caminhos vamos a alguns conceitos:

Conceitos Básicos

O modo livre, tanto no ranqueado quanto em torneios funciona bem diferente do modo padrão. A grande quantidade de decks poderosos, a variedade de cards e principalmente o nível de força do meta ser muito mais elevado pode deixar jogadores novatos um pouco perdidos.

A coisa mais importante para começar no modo livre é não desencantar seus cards nas rotações, mesmo que pareça tentador desencantar cards é muito prejuízo ao longo do tempo. Mesmo que o card pareça ruim ele pode começar a jogar em um deck poderoso com o lançamento de uma nova expansão ou um patch de balanceamento.

Diferente do formato padrão o modo livre possui uma quantidade considerávelmente menor de jogadores, por isso você precisa entender que as vezes você irá demorar um pouco para achar partidas, enfrentar oponentes de outros ranks ou o mesmo oponente mais de uma vez. Isso faz com que seja possível o conceito de counter-queue que é basicamente a atitude de escolher um deck favorável contra o último oponente que você enfrentou para ter uma chance maior de vencer a partida seguinte.

Remendo, O Pirata
Remendo, O Pirata

Outro conceito importante do formato são as staples. Staples são cards que jogam em muitos decks de classes diferentes ou em praticamente em qualquer deck da classe que eles pertencem. Construir uma coleção grande de staples torna muito mais fácil montar decks no livre a partir de por exemplo cards como Remendo, Leeroy e Repugnaz você consegue montar diversos decks agressivos do formato.

O último conceito que é importante saber ao entrar no formato é a diferença entre os ranks. Diferente do padrão que já no rank 25/20 você já encontra muitos decks do meta porém na mão de jogadores mais experientes, no livre não funciona assim, muitos jogadores desses ranks são bastante experientes porém estão propositalmente em ranks baixos para jogar com decks meme. Graças a isso o meta antes do rank 10 é extremamente imprevisível, decks controle podem acabar passando mais dificuldade em subir desses para fora desses ranks já que além de partidas mais lentas, eles estão sujeitos aos decks gananciosos que não tem a menor chance de viabilidade dos ranks mais altos.

Caminho do dinheiro

Reno Jackson Card PTBR
Reno Jackson

- Compre todas as aventuras antigas na seguinte ordem Liga dos Exploradores > Naxxramas  > Karazhan > Montanha Rocha Negra.

- Caso você realmente não se importe de gastar dinheiro invista em alguns packs antigos para conseguir as comuns e raras e poder gastar seu pó em lendárias e épicas.

- Analise sua coleção e o meta atual e decida qual ou quais os melhores decks a se montar. Busque dar prioridade a craftar lendárias e épicas que são staples do formato.

Caminho do esforço

Leeroy Jenkins
Leeroy Jenkins

- Caso você não tenha jogado pelo menos uma ala você não terá acesso as aventuras antigas. Por causa disso você deverá craftar os cards importantes dessas expansões (como Repugnaz, Reno Jackson, Brann e Imperador Thaurissan).

- Analise sua coleção, e o meta livre e com os cards que você já tem veja qual deck forte do formato que você já possui algumas peças, caso não possua nada, busque arquétipos baratos e efetivos de preferência que usem muitos cards neutros e poucas lendárias.

- como seus recursos estarão limitados no início busque ser inteligente com seu pó e ouro, gaste ouro na expansão que você precisa de mais comuns e raras para montar o deck que você deseja.

- como eu tinha dito o formato funciona a base de staples, então após montar o seu primeiro deck, invista nesses cards para tornar mais simples a montagem de decks no futuro.

Conclusão

Não importando o caminho que você escolher seguir, a experiência no formato livre é muito divertida, porém pode acabar sendo estressante graças ao poder tão elevado de alguns decks do formato. Observe o deck dos seus oponentes e a forma que eles seguem o plano de jogo para aumentar a sua capacidade de jogar em volta dos cards.

Não deixem também de assistir streams de jogadores do formato e conferir a aba do modo livre aqui do site para ter acesso a guias atualizados e detalhados dos melhores decks do formato.

[Imagem de topo via Top Decks]

Redator e Jogador do Formato Livre, alguns me conhecem como Cientista Louco. Jogo desdo beta e sempre buscando testar novos decks e novos combos para o Modo Livre. Email: gabriel.dias@cardnamanga.com.br